Dicas de como fazer seu negócio crescer

3 dicas básicas (mas muitas vezes 'esquecidas') para fazer seu negócio crescer

 

Em meio à cenário político-econômico turbulento, concorrência, avanços tecnológicos que às vezes parecem até difícil de se acompanhar, consumidores gastando menos, como manter a competitividade? Melhor: como fazer seu negócio crescer?

 

Seguem três dicas - mas muitas vezes negligenciadas - que vão te ajudar a dar aquela turbinada na sua empresa:

 

1) Invista em mobilidade

Sabia que em muitos países, inclusive no Brasil, as pessoas se conectam hoje muito mais pelos dispositivos móveis do que pelo pc? Então, se você quer alcançar um público cada vez maior, quem sabe até internacional, deve sem dúvida alguma investir em um site responsivo. E vá além, invista em tecnologias na sua empresa que lhe permitam, por exemplo, gerenciar seu negócio de onde estiver, e pelo dispositivo que tiver à disposição na hora. A tecnologia em cloud computing está aí para que possamos trabalhar de qualquer lugar, e ganhar tempo para pensar em outras questões importantes para o coração do negócio, como: cuidar dos clientes, fazer análises e desenhar estratégias, e até mesmo ter mais tempo para si.

 

2) Organize-se

Ter uma gestão organizada é princípio básico para qualquer negócio de sucesso. Ter controle de estoque eficaz, bem como do fluxo de caixa - saber quanto entra e quanto sai, qual o lucro e como irá investi-lo -, conhecer seu público e seus parceiros - e manter um relacionamento sustentável com eles -, ter toda a parte contábil e tributária sempre em ordem, e tudo o mais que envolva a gestão da sua empresa. A desorganização só vai atrapalhar seu caminho para o crescimento.

 

3) Terceirize

Olhe para sua equipe, seus processos e o trabalho que se tem que fazer regularmente. Haverá os pontos fortes, bem como os pontos de deficiência que a equipe não cobre, talvez por falta de expertise naquele determinado assunto. Então, considere terceirizar as áreas que demandam mais sacrifício ou esforço seu e de seus colaboradores. Coloque na ponta do lápis e calcule a diferença em custos de se contratar um empregado ou terceirizar o serviço. Aliás, essa conta pode te ajudar na tomada de decisão.

 

Se você colocar essas dicas em prática, com certeza terá uma perspectiva de crescimento mais concreta e muito mais positiva para o seu negócio. E a partir disso, poderá fazer muito mais pela sua empresa.